quarta-feira, 23 de maio de 2018

Colégio dos Bombeiros participa da World Orienteering Day (WOD 2018)



 

Resultado de imagem para WORLD ORIENTEERING DAY


O Colégio Militar do Corpo de Bombeiros Escritora Rachel de Queiroz (CMCB), sob o comando do Sr. Cel. QOBM José Nildson de Oliveira, educador físico, desportista nato, por meio do seu Departamento de Educação Física – DEF, tendo a frente o 2º Ten BM Flávio Cosmo, conseguiu registrar a Corrida de Orientação do CMCB na programação da WORLD ORIENTEERING DAY (DIA MUNDIAL DA ORIENTAÇÃO)/ WOD 2018, que acontecerá entre 23 de maio à 29 de maio de 2018.  

Iniciativa de grande sucesso organizado pela Federação Internacional de Orientação (IOF) desde 2016, o desafio é reunir uma quantidade cada vez maior de participantes fazendo atividades de orientação ao redor do mundo. Pois no ano passado, foram registadas 288 mil pessoas praticando orientação, pretende neste ano aumentar esse número. O WOD, na visão da IOF está sendo desenvolvido para a divulgação e o crescimento do nosso esporte.

A Corrida de Orientação do CMCB ocorrerá no dia 26/05 (sábado) também contemplará as atividades esportivas de futsal e natação, onde o Futsal e natação serão desenvolvidas no Centro Poliesportivo e no Parque aquático do Colégio Militar do Corpo de Bombeiros, somente a orientação será realizada em área fora do colégio, a ser divulgada no dia da prova, como forma de manter o local em sigilo evitando que os atletas da orientação tenha conhecimento do local e obtenham vantagens antecipadas. 

A modalidade Corrida de Orientação em relação às outras atividades esportivas existentes ainda é nova no Brasil, comparada aos países nórdicos que compõem uma região da Europa setentrional e do Atlântico Norte, que consiste na Dinamarca, Finlândia, Islândia, Noruega e Suécia, e seus territórios associados, que incluem as Ilhas Faroé, Groenlândia, “Escandinávia”. 

A orientação nasceu como desporto em 1850 nos meios militares escandinavos, utilizada como forma de entretenimento e para melhorar a utilização da bússola e do mapa. A designação ORIENTAÇÃO só surge em 1888, em 1897, na Noruega, que se organizou a primeira atividade formal de orientação que “nasceu” como modalidade desportiva em 1904, hoje com seus 114 anos procura cada vez mais disseminar e desenvolver esta prática esportiva. Portugal aderindo esta prática esportiva por volta 1973. O Brasil aderiu em 1970 época em que é criada a Confederação Brasileira de Orientação - CBO, no Ceará teve início em 1999, neste ano, tivemos o surgimento de alguns clubes e a realização de vários trabalhos como I Etapa do Circuito Cearense de Orientação, que veio acontecer em 2004 época da fundação de uma federação que pudesse regular o esporte orientação no ceará. 

O Clube Trilha Norte do Colégio Militar dos Bombeiros aderiu esta modalidade por volta do ano de 1999 por meio do Cel. do EB Sérgio Brito, onde passamos a participar de forma efetiva e bem representa por militares, alunos e pais em eventos de Orientação municipal e nacional, e nosso clube veio a ter sua filiação na FECORI e CBO em 2010. Atualmente o Clube Trilha Norte do CMCB tem a frente o Comando do 2º Ten Erbério.

terça-feira, 22 de maio de 2018

Defesa Civil: Alunos do CMCB visitam estação de monitoramento de tremores de terra*





Em complementação às aulas teóricas de Defesa Civil, os alunos do 8º ano do ensino fundamental do Colégio Militar do Corpo de Bombeiros Escritora Rachel de Queiroz (CMCB) participaram, neste sábado (19/06) e no último sábado de abril, de uma aula de campo realizada na serra do Juá, em Caucaia, onde está instalada a estação de monitoramento de tremores de terra da Região Metropolitana de Fortaleza.

Na estação, explicou-se como funciona o equipamento, composto de um sismômetro (sensor de tremores de terra), de um sismógrafo (aparelho que registra os tremores), bem como de uma antena que envia os dados registrados (sismogramas) a um computador que registra todo o monitoramento. Os registros são acompanhados pela Coordenadoria Estadual de Defesa Civil do Corpo de Bombeiros Militar do Estado do Ceará (CEDEC/CBMCE).

Ressaltou-se a importância dos registros de tremores de terra na Região Metropolitana de Fortaleza, uma vez que o maior tremor de terra do Nordeste brasileiro ocorreu nesta região, em Pacajus, em 1980, com magnitude de 5,2 graus na escala Richter.

Na descida da serra, alunos voluntários coletaram os materiais abandonados pela trilha por outras pessoas, dando-lhes o destino correto e contribuindo com a preservação do ambiente. Para o capitão Aluízio Freitas, professor de Defesa Civil do CMCB, além do conhecimento adquirido quanto ao funcionamento de uma estação sismográfica, a aula de campo proporcionou aos alunos maior integração, contato com a natureza e atividade física, desenvolvendo sua sociabilidade, consciência ambiental e hábitos saudáveis, que são aspectos fundamentais para a uma boa formação.

Em atenção ao disposto na lei de diretrizes e bases da educação nacional e na Constituição do Estado do Ceará, que preveem o ensino de Proteção e Defesa Civil nas escolas, o Colégio Militar do Corpo de Bombeiros (CMCB) Escritora Rachel de Queiroz, desde 2012, adotou o ensino da disciplina Defesa Civil no currículo do Ensino Fundamental II.

Já participaram das aulas, que tratam de assuntos relacionados à gestão de risco e de resposta a desastres naturais e acidentes domésticos, mais de 800 alunos. Atualmente são beneficiados os 120 alunos do 8º ano do ensino fundamental.

Os professores da disciplina são bombeiros militares especialistas em Defesa Civil e com experiência profissional na CEDEC/CBMCE.
 
Nas últimas semanas, os alunos tiveram aulas sobre como agir na ocorrência de tremores de terra e tsunamis. Foi evidenciada a experiência da jovem inglesa Tilly Smith, que graças a uma aula sobre tsunamis que havia assistido em sua escola, pôde salvar quase uma centena de vidas. A jovem estava de férias na Tailândia com sua família, em 2004, quando percebeu o recuo anormal do mar e se lembrou de que seu professor havia dito que este é um sinal de que haveria um tsunami. Tilly alertou seus pais, que avisaram as autoridades da praia, as quais, por sua vez, orientaram os turistas a desocupar o local.



Colégio dos Bombeiros recebe palestra sobre o Estatuto Municipal da Pessoa com Deficiência







Desde janeiro de 2018, está em vigor o Estatuto Municipal da Pessoa com Deficiência. A lei nº 10.668/2018, de autoria do Vereador Acrísio Sena, sendo batizada de Lei Nadja Pinho Pessoa, em homenagem à professora e militante dos direitos desta causa no Ceará, falecida em 8 de julho de 2017. O Estatuto consolida 30 anos de proposições, atualizando e inovando direitos. O texto sintetizou dispositivos legais que discorrem sobre direitos das pessoas que possuem qualquer impedimento de natureza física, mental, intelectual ou sensorial, e que buscam garantir a participação plena e efetiva na sociedade em igualdade de condição com as demais pessoas.

A lei já está se afirmando como uma referência em todo país, pois informações sobre ela estão sendo constantemente procuradas por outros legislativos. “Nossa intenção é garantir a inclusão plena e efetiva na sociedade desta população”. Afinal, o Ceará possui 2.340.150 pessoas com deficiência, 3º maior índice do Brasil, segundo o Censo 2010, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Em Fortaleza, segundo estudo realizado em 2000, havia cerca de 300 mil pessoas nesta situação.

O Estatuto reúne leis sobre acessibilidade, conscientização da sociedade, adoção de políticas sociais básicas (saúde, educação, habitação, transporte, desporto, lazer e cultura), políticas e programas de assistência social, medidas preventivas e execução de serviços especiais. Dentre os vários pontos, destacam-se descontos e gratuidades em serviços, meia-entrada em eventos culturais, disponibilização de cadeiras de rodas em espaços de grande circulação, reserva de vagas em eventos e concursos, datas comemorativas de conscientização, realização de jogos para desportivos.

Outras conquistas merecem destaque, como a obrigatoriedade do uso das linguagens Libras e Braille pelos meios de comunicação da Prefeitura e Câmara; autorização dos veículos de transporte coletivo urbano do Município de Fortaleza a parar fora das paradas obrigatórias para desembarque dos passageiros com deficiência física, respeitar o itinerário original da linha; redução de 50% da carga horária, sem prejuízo da remuneração, ao servidor municipal detentor da guarda judicial de pessoa com deficiência que necessite de atenção permanente.

Nesse contexto, nesta segunda-feira (21 de maio), o Colégio Militar do Corpo de Bombeiros Escritora Rachel de Queiroz (CMCB) teve a oportunidade de recepcionar uma palestra sobre o tema da Pessoa com Deficiência, na cidade de Fortaleza, a luz do novo Estatuto, ministrada pelo palestrante Acrísio Sena.
Destacamos que além de alunos, militares e professores, que estiveram presentes a palestra, também o TC Márcio, cadeirante, pode debater sobre o tema, e relatou os avanços práticos, bem como, o 1º SGT BM Cavalcante que foi abraçado pelo Estatuto, discorreu sobre a importância e impacto positivo na sua família desse Estatuto.

Na oportunidade, o Coronel Comandante Diretor do CMCB apresentou ao palestrante o projeto de acessibilidade que prevê ações estruturantes como piso tátil, plataforma hidráulica (elevador), considerando que o Poder Público e seus órgãos devem assegurar às pessoas com deficiência o pleno exercício de seus direitos, dispensando-lhes, no âmbito de sua competência e finalidade, atendimento prioritário e tratamento diferenciado e adequado que viabilizem seu acesso a ambientes, produtos, serviços e informações.
https://www.legisweb.com.br/legislacao/?id=355609




AULAS DO DIA 22.05.18 - SEGUNDA-FEIRA - TARDE

ENSINO FUNDAMENTAL II

8º ANO A

LÍNGUA PORTUGUESA: PROF.ª MARIA REGINA
SALA DE AULA: ATIV. PÁG. 256 E 257 DA GRAMÁTICA

MATEMÁTICA I: PROF. CHAGAS
SALA DE AULA: PRODUTOS NOTÁVEIS - QUADRO DA SOMA DE DOIS TERMOS, PÁG. 73 E 74 DO LIVRO DID.; ATIV. 1 A 3, PÁG. 75 DO LIVRO DID.
ATIVIDADE DE CASA: ESTUDAR PARA I AP

HISTÓRIA: PROF. FRANCISCO
SALA DE AULA: APLICAÇÃO DAS PROVAS DAS PLACAS - REVOLUÇÕES NA INGLATERRA

REDAÇÃO: PROF.ª FERNANDA
SALA DE AULA: CORREÇÃO DAS PROVAS PARCIAIS

8º ANO B

INGLÊS: PROF.ª REFLÉSIA
SALA DE AULA: EXIBIÇÃO DE FILME

LÍNGUA PORTUGUESA: PROF.ª MARIA REGINA
SALA DE AULA: ATIV. PÁG.  256 E 257 DA GRAMÁTICA

REDAÇÃO: PROF. FLÁVIO
LABORATÓRIO DE REDAÇÃO

8º ANO C

MATEMÁTICA I: PROF. CHAGAS
SALA DE AULA: PRODUTO NOTÁVEL QUADRADO DA SOMA DE DOIS TERMOS, PÁG. 73 E 74 DO LIVRO DID.; ATIV. 1 A 3, PÁG. 75 DO LIVRO DID.
ATIVIDADE DE CASA: ESTUDAR PARA I AP

ENSINO RELIGIOSO: PROF.ª EDVAN
SALA DE AULA: ATIV. EXTRA SALA DE AULA

REDAÇÃO: PROF.ª MILLENA
LABORATÓRIO DE REDAÇÃO - Nº 9 A O 18

HISTÓRIA: PROF. FRANCISCO
SALA DE AULA: ATIV. DAS PLACAS - REVOLUÇÕES NA INGLATERRA - REVISÃO PARA II AP

8º ANO D 

REDAÇÃO: PROF.ª MILLENA
SALA DE AULA: CORREÇÃO DE TAREFAS PÁG. 47 A 51 DO LIVRO DID.; TAREFAS E CORREÇÃO DA PÁG. 56 A 62 DO LIVRO DID.

INGLÊS: PROF.ª RAFLÉSIA
SALA DE AULA: FILME "PANTERA NEGRA"

GEOGRAFIA: PROF. MILK
SALA DE AULA: ATIVIDADE DE REVISÃO NO CADERNO

9º ANO A 

HISTÓRIA: PROF. VALENTIM
SALA DE AULA: 2ª GUERRA MUNDIAL

LÍNGUA PORTUGUESA: PROF.ª FÁTIMA
SALA DE AULA: REVISÃO, CORREÇÃO

REDAÇÃO: PROF.ª CAMILLA
LABORATÓRIO DE REDAÇÃO

9º ANO B

MATEMÁTICA I: PROF. MARDÔNIO
SALA DE AULA: CAP. 3 DO LIVRO DID. - FUNÇÕES AFIM: DOMÍNIO, CONTRA DOMÍNIO E IMAGEM; ATIV. PÁG. 73 DO LIVRO DID., QUESTÃO 1 A 3
ATIVIDADE DE CASA: ACPÁG. 64 A 67 DO LIVRO DID. - PERGUNTAS E RESPOSTAS; ESTUDAR PARA II AP

HISTÓRIA: PROF. VALENTIM
SALA DE AULA: CAP. 7 DO LIVRO DID. - A SEGUNDA GUERRA MUNDIAL E ENTREGA DOS RESUMOS DOS CAP. 5, 6 E 7 DO LIVRO DID.
ATIVIDADE DE CASA: ESTUDAR PARA II AP

ENSINO RELIGIOSO: PROF.ª EDVAN
SALA DE AULA: EXERCÍCIOS - HISTÓRIA DE VIDA - DINÂMICA

QUÍMICA: PROF. GLEDSON
SALA DE AULA: RESUMO PARA A PROVA E RESUMO
ATIVIDADE DE CASA: ESTUDAR PARA II AP - ATIV. DO CAP 5 DO LIVRO DID.

9º ANO C

GEOGRAFIA: PROF.ª ADRIANA
SALA DE AULA: ATIV.(REVISÃO)
ATIVIDADE DE CASA: ESTUDAR PARA II AP

MATEMÁTICA I: PROF. MARDÔNIO
SALA DE AULA: FUNÇÃO PÁG. 54 DO LIVRO DID.; CONTINUAÇÃO NOVO - FUNÇÃO

CFB: PROF. EDSON
SALA DE AULA: ATIV. 1 E 2, PÁG. 112 E 113 DO LIVRO DID.; ATIV. DE REVISÃO

ENSINO MÉDIO 

1º ANO A

QUÍMICA II: PROF. GLEDSON
SALA DE AULA: RECOLHIMENTO E CORREÇÃO DE TD DE REVISÃO

GEOGRAFIA: PROF.ª ENOE
SALA DE AULA: RESOLUÇÃO DE ATIV. DE CASA E EXPLICAÇÕES

INGLÊS: CB SANTIAGO
SALA DE AULA: TD DE REVISÃO

BIOLOGIA I: PROF. EDSON
SALA DE AULA: ATIV. DE REVISÃO NA LOUSA EM TRIO

1º ANO B

LITERATURA: PROF.ª GLAUCIA
SALA DE AULA: A PROSA ROMÂNTICA NO BRASIL - PÁG. 93 DO LIVRO DID., CAP. 3 - QUESTIONÁRIO PARA ESTUDOS - AP II - NO CADERNO

INGLÊS: CABO SANTIAGO
SALA DE AULA: REVISÃO DE TD

MATEMÁTICA I: PROF.ª REGINA
SALA DE AULA: INTRODUÇÃO À FUNÇÃO POLINOMIAL DO 1º GRAU - DÚVIDAS PARA II AP

REDAÇÃO: PROF.ª FERNANDA
LABORATÓRIO DE REDAÇÃO

1º ANO C

INGLÊS: CABO SANTIAGO
SALA DE AULA: REVISÃO PARA II AP

MATEMÁTICA I: PROF.ª REGINA
SALA DE AULA: INTRODUÇÃO À FUNÇÃO POLINOMIAL DO 1º GRAU - 
ATIVIDADE DE CASA: ESTUDAR PARA II AP

QUÍMICA: PROF. GLEDSON
SALA DE AULA: CORREÇÃO DE ATIV. 

REDAÇÃO: PROF.ª CARLA SIMONE
SALA DE AULA: ESTUDO DA COMPETÊNCIA; PRODUÇÃO DE UMA INTERVENÇÃO

2º ANO A 

EDUCAÇÃO FÍSICA: PROF.ª HELOÍSA
SALA DE AULA: REVISÃO PARA II AP

MATEMÁTICA I: PROF. REFAEL
SALA DE AULA: REVISÃO

REDAÇÃO: PROF.ª FÁTIMA
LABORATÓRIO DE REDAÇÃO - Nº 12 AO 23

2º ANO B

MATEMÁTICA I: PROF. REFAEL
SALA DE AULA: RESOLUÇÃO DE EXERCÍCIOS COM DÚVIDAS

EDUCAÇÃO FÍSICA: PROF.ª HELOÍSA
SALA DE AULA: REVISÃO PARA II AP

INGLÊS: PROF.ª LÍGIA LIMA
SALA DE AULA: ENGLISH REVIEW

SOCIOLOGIA: PROF. MILK
SALA DE AULA: DITADURA MILITAR E DEMOCRACIA - REVISÃO PARA II AP

GEOGRAFIA: PROF.ª ENOE
SALA DE AULA: APRESENTAÇÃO DE TRABALHOS

2º ANO C

FÍSICA: PROF. LUÍS
SALA DE AULA: POLIAS FIXAS

INGLÊS: PROF.ª LÍGIA LIMA
SALA DE AULA: ENGLISH REVIEW AND TD

LÍNGUA PORTUGUESA: PROF. FLÁVIO
SALA DE AULA: ATIV. NO CADERNO

QUÍMICA: PROF. SÉRGIO
SALA DE AULA: EXERCÍCIOS NO CADERNO E RESOLUÇÃO

FILOSOFIA: PROF. MILK
SALA DE AULA: ATIV. EM GRUPO

2º ANO D

QUÍMICA I: PROF. SÉRGIO
SALA DE AULA: FUNÇÕES OXIGENADAS E EXERCÍCIOS DE REVISÃO
ATIVIDADE DE CASA: RESOLVER OS EXERCÍCIOS E ESTUDAR PARA II AP

MATEMÁTICA I: PROF. RAFAEL
SALA DE AULA: ATIV. DE REVISÃO
ATIVIDADE DE CASA: RESOLVER AS ATIV. E ESTUDAR PARA II AP

REDAÇÃO: PROF.ª REGINA
LABORATÓRIO DE REDAÇÃO

2º ANO E 

GEOGRAFIA: PROF.ª ENOE
SALA DE AULA: REVISÃO PARA 2ª AP

SOCIOLOGIA: PROF. FRANCISCO
SALA DE AULA: APLICAÇÃO PARA 2ª AP

BIOLOGIA: PROF. PAULO ARAGÃO
SALA DE AULA: REVISÃO - HEREDOGRAMAS

REDAÇÃO: PROF.ª MILLENA
SALA DE AULA: CORREÇÃO DA 2ª AP